Conseqüências iniciais da reestruturação do sistema hidrotérmico nacional

Resumo

A reestruturação do setor elétrico brasileiro, nos últimos anos, foi elaborado à luz da experiência internacional. Entretanto, a implementação do novo modelo não transcorreu como planejado e, em 2001, fez­se presente um contigenciamento da demanda de energia no país. Observamos este fato como conseqüência de uma sucessão de erros na reestruturação do setor elétrico, redundando em sacrifícios adicionais a sociedade. Isto posto, este artigo busca discorrer sobre as conseqüências iniciais da reestruturação do sistema hidrotérmico nacional à luz do planejamento energético, tendo como marco o contigenciamento da demanda.

Read More →

Autores: Marcio Giannini, Lucio Guido Tapia Carpio

Palavras-chave: , , , ,

Revista:

Download (PDF, 1.3MB)

Share on Facebook0Share on Google+0Share on LinkedIn0Tweet about this on Twitter

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.