Impactos de possíveis novos programas de eficiência energética nas projeções da demanda energética nacional

Resumo

Neste trabalho se estima os efeitos no consumo de energia elétrica associados à implementação de novos programas de eficiência energética, relacionados com a imposição de níveis mínimos obrigatórios de eficiência energética para alguns equipamentos, no contexto da Lei de Eficiência Energética (Lei no 10.295/2001), que dispõe sobre a Política Nacional de Conservação e Uso Racional de Energia. Na medida em que esta lei for sendo regulamentada, se espera um gradual aumento da eficiência dos equipamentos comercializados no País, por meio do estabelecimento de níveis mínimos de eficiência de novos equipamentos. Nesta perspectiva, de continuidade desta regulamentação, em conjunto com hipóteses relativas à disponibilidade de incentivos financeiros para a substituição de equipamentos antigos, por novos, mais eficientes, foram elaborados um cenário tendencial e dois cenários alternativos para simular os efeitos de novos programas de eficiência energética na demanda futura de energia elétrica no País. A metodologia proposta no trabalho para estimar a influência de novos programas de eficiência energética nas projeções da demanda energética se baseia em dados de fabricantes e de pesquisas de posses de equipamentos e hábitos de usos.

Read More →

Autores: Alvaro Afonso Furtado Leite, Sergio Valdir Bajay

Palavras-chave: , , ,

Revista:

Download (PDF, 109KB)

Share on Facebook0Share on Google+0Share on LinkedIn0Tweet about this on Twitter

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.