Análise dos Riscos de uma Distribuidora Associados à Compra e Venda de Energia no Novo Modelo do Setor Elétrico

Com a publicação das Leis no 10.847 e no 10.848, em março de 2004, e do Decreto no 5.163, de 30/07/2004, o governo estabeleceu as diretrizes para construção de outro modelo para o setor elétrico, buscando a segurança no suprimento, modicidade tarifária e universalização do atendimento. Segundo as novas regras, as distribuidoras deverão atender a 100% do seu mercado, mediante contratação regulada e aquisição da energia por meio de leilões, além de serem obrigadas a prever seus mercados com antecedência de cinco anos. Este artigo analisa os riscos que uma distribuidora estaria exposta ao prever seu mercado com tal antecedência e contratar toda energia necessária nos leilões públicos, face às variações no comportamento das diversas classes de consumo. Para mensurar os riscos utilizou­se Simulação de Monte Carlo, que consiste na utilização de procedimentos estocásticos para gerar diversos cenários possíveis para a variável em estudo.

Read More →

Autores: Marco Aurélio Lenzi Castro, Fernando Monteiro de Figueiredo, Ivan Marques de Toledo Camargo

Palavras-chave: , ,

Panorama da oferta e do consumo de energia elétrica no Brasil para os próximos anos

Este artigo pretende mostrar dados de consumo e de oferta de energia considerando a atual situação de armazenamento dos reservatórios, a oferta de gás natural e a projeção de instalações de novos geradores. Além disto, pretende discutir qual o melhor índice para medir a confiabilidadede suprimento de energia em um sistema com predominância hídrica como é o caso do sistema brasileiro.

Read More →

Autores: Ivan Marques de Toledo Camargo

Geração distribuída: Discussão conceitual e nova definição

Os sistemas elétricos convencionais não conseguem garantir o suprimento sustentável de energia elétrica com a abrangência e a qualidade exigidas pela sociedade do século XXI.Esse fato, associado ao enorme avanço tecnológico dos últimos anos, abriu razoável espaço para a expansão da geração distribuída (GD), que tem como seus principais focos o fornecimento de energia elétrica a quem ainda não tem acesso a ela e a redução dos impactos ambientais da geração centralizada convencional. No Brasil, por motivos sociais, ambientais, econômicos, legais e estratégicos, a discussão acerca desse tema é imprescindível. Então, considerandose que o tema GD é bastante importante, especialmente para o Brasil, controverso e não-consolidado, faz-se necessária uma ampla discussão acerca dele, a começar pelos aspectos conceituais. Este trabalho, reconhecendo essa necessidade, discute, de forma inédita, o conceito de GD e conceitos e aspectos relacionados a ela; propõe novas classificações de aspectos relativos à GD; propõe uma nova definição de GD, mais completa e com mais aplicabilidade que as existentes; e sugere aplicações inovadoras para os resultados apresentados.

Read More →

Autores: Mauro Moura Severino, Ivan Marques de Toledo Camargo, Marco Aurélio Gonçalves de Oliveira

Palavras-chave: , , , ,

A Contratação de Energia de Reserva no Atual Modelo do Setor Elétrico Brasileiro: Da Teoria à Prática

Este artigo busca evidenciar elementos presentes no Setor Elétrico Brasileiro (SEB) que motivam a adoção do instrumento da contratação de energia de reserva pelo Poder Concedente, como medida para garantir a continuidade do fornecimento de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN). Para tanto, é feita uma retrospectiva a respeito dos incentivos associados à expansão da oferta de energia para atendimento integral das necessidades dos usuários finais, desde o Projeto de Reestruturação do Setor Elétrico Brasileiro (RE-SEB), passando pelas propostas apresentadas pelo Comitê de Revitalização do Setor Elétrico, pela instituição do atual modelo do SEB, até a questão do fortalecimento do papel do Estado no planejamento setorial e do estabelecimento da competência do Ministério de Minas e Energia – MME de zelar pelo equilíbrio conjuntural e estrutural entre oferta e demanda de energia. Tal retrospectiva permite obter elementos para identificar em qual contexto se insere a contratação de energia de reserva, sendo avaliadas algumas hipóteses a respeito da necessidade de se realizar essa contratação, tais como fomentar a expansão da oferta de energia, minimizar efeitos decorrentes de algumas disfuncionalidades desse mercado, aumentar a confiabilidade de suprimento e atenuar os efeitos de uma redução conjuntural da oferta de energia.

Read More →

Autores: Ivan Marques de Toledo Camargo, Luís Henrique Bassi Almeida

Palavras-chave: , , ,