Inserção de veículos híbridos plug-in no setor de transportes Brasileiro: uma oportunidade para a redução das emissões de gases de efeito estufa

O presente artigo traz uma comparação de sistemas, avaliando as emissões de GEE associadas ao uso da gasolina C (E25) e do etanol da cana-de-açúcar em veículos convencionais, bem como ao uso de veículos híbridos, em que a energia elétrica é fornecida pelo SIN (Sistema Integrado Nacional). O objetivo é apresentar um inventário do ciclo de vida (well-to-wheels) para cada um desses sistemas, a fim de entender a contribuição de cada um na mitigação das mudanças climáticas. Para que seja viável a comparação entre os três sistemas, a unidade funcional adotada pelo presente artigo é 1 km rodado, enquanto a medida de impacto é g CO2eq. A ferramenta utilizada para calcular os fluxos de energia foi o GREET 1.8d. Os resultados obtidos pela referida ferramenta demonstram que uso de veículos híbrido plug-in, quando abastecidos por etanol da cana-de-açúcar, pode ser uma boa opção para a redução das emissões de GEE no setor de transportes brasileiro.

Read More →

Autores: Pedro Gerber Machado, Bruna de Barros Correa

Palavras-chave: , , , ,