Análise da viabilidade técnica de um sistema geração de energia elétrica a partir do uso de recursos solar, eólico e hidráulico para geração de Hidrogênio

Este artigo apresenta os resultados de uma análise da viabilidade técnica de se implementar um sistema híbrido de fornecimento de eletricidade a partir dos recursos solar, eólico e hidráulico para a produção de hidrogênio através da eletrólise da água. O estudo é fundamentado nos potenciais energéticos dos recursos solar e eólico, nas características técnicas dos painéis fotovoltaicos e dos aerogeradores, na disponibilidade de hidreletricidade fora do pico de consumo do sistema interligado nacional e nas características de funcionamento de eletrolisadores bipolares. Foi elaborado um modelo matemático que considera os parâmetros que descrevem as transformações energéticas envolvidas no sistema analisado e que permite a simulação da produção de hidrogênio em diferentes situações de disponibilidade de recursos e de configuração de máquinas, podendo ser aplicado para se estimar o custo do hidrogênio gerado para a situação escolhida.

Read More →

Autores: Ennio Peres da Silva, Fernando Rezende Apolinário, André Luís Furlan, Daniel Gabriel Lopes, Fabiana Karla de Oliveira Martins Varella, Ana Maria Resende Santos, Paula Duarte Araujo, Antonio José Marin

Palavras-chave: , , , ,

A Expansão da Oferta de Energia Elétrica nos Centros Urbanos Brasileiros por Meio de Sistemas Fotovoltaicos Conectados à Rede

Este trabalho tem como objetivo traçar perspectivas a respeito da produção de eletricidade por meio de Sistemas Fotovoltaicos Conectados à Rede (SFCR) no Brasil e de sua inserção em grande escala na matriz elétrica como forma complementar de geração de energia elétrica. Os SFCR trazem diversos benefícios ao Sistema Elétrico e ao ambiente, por produzirem energia de forma limpa e silenciosa, nos próprios locais de consumo, evitando a construção de grandes plantas geradoras e dispensando gastos adicionais com transmissão e distribuição. Em geral, esses sistemas podem ser integrados à arquitetura das edificações, aproveitando-se a cobertura de estruturas pré-existentes no ambiente construído. Ainda assim, e embora apresente elevado potencial solar, o Brasil possuía, ao final de 2009, uma potência instalada de apenas 161,32 kWp referentes aos SFCR, valor considerado ínfimo comparado, por exemplo, com os 4,5 GWp instalados somente na Europa no ano de 2008. Este estudo mostra que o custo de geração a partir dos SFCR ainda é elevado, chegando a ser 2,4 vezes maior do que a tarifa residencial média praticada no Brasil, o que inviabiliza comercialmente a tecnologia. Por outro lado, aponta uma tendência de equiparação entre esses dois valores já na próxima década para diversas localidades, o que tornará os SFCR uma alternativa viável. Porém, para que a falta de critérios técnicos adequados não prejudique a disseminação da tecnologia no futuro, faz-se necessária a correta regulamentação da atividade pelos agentes do Setor Elétrico.

Read More →

Autores: Ricardo da Silva Benedito, Roberto Zilles

Palavras-chave: , ,

Análise econômica da geração fotovoltaica de energia elétrica no município de São Carlos (SP)

Já é possível encontrar paisagens de campos e orlas de muitos países em que se destacam aerogeradores e telhados fotovoltaicos, que fazem parte da arquitetura de muitos centros urbanos de países ricos, gerando energia elétrica limpa. No Brasil, a principal barreira é a econômica, pois a energia gerada através da utilização de painéis fotovoltaicos apresenta um custo superior à gerada pelas fontes convencionais, principalmente a gerada pelas usinas hidrelétricas, principal fonte da matriz energética nacional. Nesse sentido, este trabalho analisou o custo da energia que seria gerada por um gerador fotovoltaico composto por 54 módulos de 40 Wp cada, totalizando 2,16 kWp de potência. Esse sistema seria capaz de gerar anualmente 3,77 MWh, representando uma economia de R$ 1.239,40, sendo necessário subsídio fiscal de aproximadamente R$ 1,4642/kWh para que o mesmo não dê prejuízo ao final da vida útil do projeto.

Read More →

Autores: Rafael Deléo e Oliveira, José Carlos de Melo Vieira Júnior

Palavras-chave: , , , ,

Análise da capacidade de amortização dos passivos energéticos e ambientais dos painéis fotovoltaicos

O presente trabalho utiliza de ferramenta de análise do ciclo de vida para estudar os impactos ambientais decorridos desde a exploração das jazidas dos minerais utilizados na fabricação dos principais componentes até a fabricação do painel. A esse estudo é acrescentada a quantificação da emissão de diversos gases, emitidos no processo de fabricação do módulo fotovoltaico, expressos em Toneladas de CO2 Equivalente, decorrente de todo o processo e em função do local, ou país, onde o painel é fabricado. Por fim, é feito estudo de amortização do passivo ambiental, de forma a permitir a determinação da sua vida útil como fonte de energia limpa, principalmente em função da sua origem, ou seja, de acordo com matriz energética do local, ou país, onde foi fabricado.

Read More →

Autores: Geraldo Lúcio Tiago Filho, Carlos Adriano Rosa

Palavras-chave: , ,

Implementação de sistemas fotovoltaicos em comunidades isoladas: Reflexões sobre entraves encontrados

Este artigo apresenta um estudo que tem por objetivo identificar e caracterizar os principais entraves encontrados no processo de implementação de sistemas solares fotovoltaicos domiciliares em uma pequena comunidade isolada dentro da Mata Atlântica, no sul do Estado de São Paulo. Os sistemas atendem à especificação SIGFI 13, baseados em uma resolução da Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica – que trata da qualidade dos Sistemas Individuais de Geração com Fontes Intermitentes, que garantem a disponibilização de 13 kW horas mensais, em corrente alternada, na tensão e na frequência nominais da região. O método baseia-se no estudo de barreiras encontradas por diferentes autores, em experiências semelhantes, em diversas regiões no Brasil e em outros países e, também, nas barreiras percebidas pelos autores neste estudo de caso. Foram identificadas barreiras inerentes à comunidade (dificuldades geográficas, institucionais e decorrentes de falta de acesso a serviços essenciais) e barreiras causadas por ela, ou decorrentes da integração de nova tecnologia no local (barreiras culturais, sociais, psicológicas, econômicas, de organização ou causadas por expectativas geradas). Esta pesquisa conclui que o processo social de eletrificação rural através de tecnologia fotovoltaica deve levar em consideração a vivência coletiva dos moradores de cada comunidade. E, também, a partir da identificação das barreiras, oferece informações e recomendações que podem ser úteis para ações e programas de eletrificação rural com vistas à inclusão social.

Read More →

Autores: Tina Bimestre Selles Ribeiro, Roberto Zilles, Rosaura de Menezes Selles Ribeiro, Fernando Selles Ribeiro

Palavras-chave: , , ,