O desafio do licenciamento ambiental de usinas hidrelétricas no Brasil

Neste trabalho, foram discutidos os principais aspectos relacionados ao licenciamento ambiental de usinas hidrelétricas no Brasil, analisando as suas principais limitações e evoluções. Conforme exposto ao longo do texto, a compatibilização da proteção ambiental no Brasil com a expansão da oferta de energia ainda representa um enorme desafio a ser superado. O atual procedimento de licenciamento ambiental de usinas hidrelétricas no Brasil, que se baseia da avaliação dos impactos ambientais de empreendimentos, funciona relativamente bem no controle e mitigação dos impactos ambientais do projeto isolados, mas é limitado na avaliação dos efeitos cumulativos dos empreendimentos e na escolha das bacias e projetos a serem desenvolvidos. Com o objetivo de dar mais celeridade e eficiência ao processo, foi sugerida a aplicação da Avaliação Ambiental Estratégica na definição viabilidade ambiental de usinas hidrelétricas.

Read More →

Autores: André Andrade

Palavras-chave: , ,

Gás natural: Energia, meio-ambiente, desenvolvimento e externalidades

O gás natural é uma das principais fontes de energia não-renovável na matriz energética brasileira, sendo perceptível o aumento da demanda por este energético. Isto pode ser verificado com a expansão de investimentos no Brasil e no Estado da Bahia para os diversos setores. Os benefícios ambientais do gás natural evidenciam as vantagens de uso deste insumo em relação aos outros combustíveis fósseis. Este trabalho aborda a disponibilidade de gás natural no Brasil e de que forma ocorre a sua participação na matriz energética nacional. Trata da questão da vulnerabilidade do mercado pelo conflito entre a crescente demanda por parte dos diversos setores e a necessidade de despacho de térmicas. Aponta cenários e perspectivas futuras, e fatores limitadores para o seu crescimento.

Read More →

Autores: Eduardo F. de Sousa

Palavras-chave: , , ,

Meio ambiente e a utilização de turbinas eólicas

O seguinte artigo trata da utilização de fontes de energia alternativas abordando, em específico, a energia oriunda da cinética dos ventos, a energia eólica. A priori tem-se um enquadramento histórico da utilização dos ventos como força motriz de atividade rural e navegação. Aborda também a grande importância dos investimentos e das políticas governamentais incentivadoras para o desenvolvimento das tecnologias utilizadas tanto no processo de captura, como no processo de armazenamento e distribuição. O foco é mostrar as vantagens e desvantagens ambientais dessa tecnologia comparando-a com a energia nuclear e a hidroelétrica, mostrando seus benefícios como diminuição na emissão de gases causadores do efeito estufa, sem riscos de grandes acidentes ambientais, e aproveitamento simultâneo da área com atividades agropecuárias. Os impactos sonoros, visuais, e sobre a avifauna, foram listados e para eles foram propostas medidas mitigadoras que solucionam esses pequenos problemas, pois pela facilidade que podem ser corrigidos, e em vista dos benefícios trazidos pela energia eólica, as vantagens se sobressaem às desvantagens.

Read More →

Autores: Anderson Adolfo Osório do Sacramento, Joel Carlos Zukowski Junior, Juan Carlos Valdés

Palavras-chave: , , , ,

A importância da salubridade ambiental e da energia para a população brasileira: uma relação pouco discutida

As cidades brasileiras enfrentam um problema constante e comum: o crescimento demográfico e, consequentemente, o crescimento urbano. Na maioria das vezes, este crescimento surge em torno dos centros urbanos e até mesmo em locais proibidos por lei. As favelas e as “cidades do entorno” são alguns exemplos deste crescimento urbano sem planejamento. Estas residências improvisadas são caracterizadas pela falta de infra-estrutura básica, não possuindo as condições básicas de saneamento. Esta realidade brasileira torna as cidades insalubres, prejudicando a qualidade de vida da população e de suas moradias. O Indicador de Salubridade Ambiental (ISA) é uma forma de avaliar este nível de salubridade. Porém, pouco se fala da importância e da relação da energia nessa temática. O estudo concluiu que sem uma matriz energética eficiente, algumas variáveis responsáveis pelo nível de salubridade de uma cidade não avançariam. Abastecimento de água, esgotamento sanitário e coleta e destinação de resíduos sólidos não seriam possíveis sem a utilização da energia tanto elétrica como de combustíveis. Desta forma, a relação energia e salubridade ambiental mostrouse muito mais próxima do que o esperado.

Read More →

Autores: José Carlos Aravéchia Júnior, Marcelo Rodrigues Wolter Guimarães, Eric Romano Maia, Weeberb João Réquia Júnior, Hélio Vitor Reis dos Santos

Palavras-chave: , , ,

Energia em debate: estudo da cobertura da mídia impressa e digital

Este artigo apresenta um estudo sobre a cobertura da mídia a respeito de temas relacionados com a área energética. Em uma sociedade em que os meios de comunicação são os principais referenciais informacionais, a cobertura da imprensa sobre assuntos ligados à Energia, elemento essencial para a vida humana e fator estratégico para a promoção do desenvolvimento social, é uma importante forma de avaliar as representações sociais construídas sobre a problemática, de forma a informar às pessoas sobre a importância da conservação da Energia e promover a conscientização sobre o uso racional dos recursos energéticos. Para a realização da pesquisa foram analisados dois portais de informação da internet (Terra e UOL) e duas revistas semanais (Veja e Isto é) em dois períodos. Os resultados alcançados indicam que a cobertura sobre o tema em nada contribui para a ampliação do entendimento sobre a importância da Energia para as diversas atividades humanas, muito menos amplia o debate sobre as alternativas sustentáveis para o uso da Energia.

Read More →

Autores: Claudio Luis de Camargo Penteado

Palavras-chave: , ,