A (in)sustentabilidade da matriz energética Brasileira

O atual debate sobre as mudanças climáticas envolve diretamente a questão do uso e produção de energia. Conforme destaca o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), as emissões de gases do efeito estufa (GEE) originadas do consumo energético, sobretudo àquelas relacionadas ao uso dos combustíveis fósseis, seria o principal fator responsável pelas alterações climáticas verificadas nos últimos anos ao redor do planeta. Trata-se, portanto, de um problema de repercussão global, mas que é derivado da forma como os países fazem uso da energia em suas economias. Sendo assim, este trabalho discutiu a sustentabilidade da matriz energética brasileira, sob o ponto de vista das emissões de GEE. Concluiu-se que, ao contrário do senso comum, existem fortes indícios apontando para a insustentabilidade do uso de energia no país, fato que tende a se agravar considerando-se as previsões oficiais relativas ao crescimento econômico e à expansão da oferta e do consumo energético.

Read More →

Autores: André Luiz Campos de Andrade, Lauro Mattei

Palavras-chave: , ,

A importância do programa “luz para todos” na redução das disparidades regionais brasileiras

Este trabalho pretende investigar a eficiência do Programa “Luz para Todos” – LPT, na alocação de recursos financeiros para os estados mais carentes da nação. Para tanto, utiliza-se o ferramental da Análise Exploratória de Dados Espaciais (AEDE). Inicialmente, elabora-se uma análise univariada para o PIB estadual per capita, verificando-se dois clusters significativos para essa variável: um, com valores elevados e outro, com valores reduzidos. Em seguida, utiliza-se a mesma metodologia para avaliar os recursos alocados pelo Programa LPT, detectando-se os estados com valores significativos para essa variável. Por fim, é realizada uma análise bivariada confrontando a renda per capita estadual contra os recursos alocados pelo Programa LPT em cada estado. Os resultados sugerem que o Programa LPT cumpre parcialmente sua função social, pois dois estados “ricos”, Minas Gerais e Goiás, possuem como vizinhos, estados que receberam quantias abaixo da média do referido Programa.

Read More →

Autores: Rudolph Fabiano A. P. Teixeira, Mario Augusto Bertella

Palavras-chave: , ,

A introdução do biodiesel na matriz energética brasileira: Contextualização histórica e o processo de produção

A preocupação mundial para que seja estimulada e controlada a emissão de poluentes assim como a diminuição da dependência dos combustíveis fósseis incentivam as políticas públicas para a inserção do biodiesel na matriz energética. Essa inserção do biodiesel vem gerando impactos positivos para o desenvolvimento do país, sendo assim, importante se fazem as pesquisas envolvendo a estruturação da cadeia produtiva deste combustível. Deste modo, este artigo tem como objetivo definir e contextualizar historicamente, assim como descrever a produção do biodiesel, disponibilizando uma visão geral da cadeia produtiva do biodiesel, seu processo produtivo e fontes para a produção, demonstrando assim que o biodiesel pode ser visto como um apoio para alcance da sustentabilidade, podendo oferecer condições para que se gerem e distribuam energias, abrindo portas para a inovação, gerando novos empregos e melhor distribuição de renda e sendo uma oportunidade para que o homem se reconcilie com o meio ambiente.

Read More →

Autores: Verlaine Lia Costa, João Luiz Kovaleski, Pedro Paulo de Andrade Junior, Eloiza Aparecida Silva Avila de Matos

Palavras-chave: , , ,

Análise da dualidade risco financeiro e retorno sobre o capital próprio no setor elétrico brasileiro entre 2007 a 2009

Este artigo busca observar a relação entre o risco financeiro e o retorno sobre o capital próprio para as empresas do setor elétrico brasileiro no período de 2007 a 2009. Foram selecionadas 40 empresas para análise, sendo 21 do segmento de distribuição de energia elétrica e 19 do segmento de geração e transmissão. O risco financeiro foi abordado através de duas teorias: (i) estrutura de capital, em que o risco foi representado pela participação do capital de terceiros a curto e longo prazo e; (ii) dinâmica financeira, em que as variáveis utilizadas para representar o risco foram o saldo em tesouraria e tipo da empresa. O retorno foi avaliado a partir da rentabilidade do capital próprio, pelo valor absoluto do indicador de retorno sobre o patrimônio líquido. O valor absoluto foi escolhido para anular o efeito de retornos negativos, dado que o risco se relaciona com a volatilidade dos resultados, um alto prejuízo ou um alto retorno devem condizer a um risco financeiro semelhante que por sujeição a aspectos conjunturais teve efeito ora positivo ora negativo. A hipótese formulada é de que o risco financeiro e o valor absoluto da rentabilidade do capital próprio estariam positivamente correlacionados, em aderência ao conceito à dualidade risco retorno. Foi aplicada a análise de correlação linear para as variáveis quantitativas e análise da variância das classes para a variável qualitativa: tipo da empresa. Os resultados indicam que as variáveis de estrutura de capital possuem correlação significativa no período com o retorno sobre o patrimônio líquido, especialmente a variável participação de capital de terceiros a curto prazo. Já as variáveis da dinâmica financeira tiveram suas correlações bastante oscilantes, sendo menos representativas.

Read More →

Autores: Paulo Félix Gabardo

Palavras-chave: , ,

Análise de competitividade e eficiência da cadeia produtiva do biodiesel no Brasil utilizando a MAP

O presente artigo realiza uma avaliação em termos de competitividade e eficiência do sistema produtivo do biodiesel no Brasil por meio de um instrumental conhecido como Matriz Análise de Políticas – MAP. Tem como base em um estudo comparativo da cadeia produtiva de biodiesel selecionando duas matérias-primas – óleo de soja e óleo de mamona. Verificou-se que emprego do óleo de soja para geração do biodiesel apresenta maior rentabilidade privada e social revelando ser mais competitivo e eficiente frente ao sistema produtivo que emprega o óleo de mamona.

Read More →

Autores: Verônica Nascimento Brito Antunes

Palavras-chave: , , ,